VOTAÇÃO
VAI COMPRAR O PES 19 NA PRÉ-VENDA?
SIM
NÃO
Ver Resultados




ONLINE
1





Gestão do Time

3. Gestão do Time

3.1. Todos os times devem possuir no máximo 23 jogadores e no mínimo 16. Essa regra e suas punições se aplicam em todos os momentos do calendário, fora do período de compra por multa(roubos), negociações e/ou leilão de jogadores, períodos esses, definidos previamente no cronograma de cada temporada

3.2. O time que tiver mais que 23 jogadores, terá atletas confiscados e será multado, podendo inclusive em caso de reincidência ter seu melhor jogador leiloado.

3.2.1. Será passível de punição a equipe que tiver mais de 23 jogadores ou menos de 16.

3.2.2. Aquele que utilizar na partida jogadores não pertencentes ao elenco.

3.3. Punições:

3.3.1. Perda dos jogadores sem reembolso e multa de 5k por jogador excedente dos 23, por cada jogador proibido colocado no time e por cada jogador abaixo dos 16.

3.3.2. Acréscimo de jogador do mais baixo overall do jogo, sem direito de escolha e multa de 5K para os times com menos de 16 jogadores. Vale lembrar que jogadores emprestados não contam para nenhum dos times, tanto quem emprestou, quanto quem pegou emprestado.

3.3.3. A equipe perderá ainda todos os pontos dos jogos retroativamente, desde que foi iniciada a situação de irregularidade até o último período de negociações. Além de multa de 5k por cada jogo mesmo que não tenha utilizado tais jogadores ou que tenha perdido a partida.      

3.4. Salários:

3.4.1. O teto salarial é de 70k (70 mil por temporada) para os salários de todas as equipes e o ajuste de salários só será possível em um determinado período previsto em calendário, na janela de meio de temporada (pequena janela antes do returno).

3.4.2. Para jogadores que forem emprestados a outro time, o time que emprestou (time de origem) deverá ajustar o salário do mesmo antes de emprestá-lo, pois o salario do jogador emprestado (passe) contará para o teto salarial de ambos os times envolvidos na negociação. Não é possível ajustar valores de jogadores emprestados quando estes retornam aos seus clubes de origem antes do período de compra por multa.

3.4.3. Ao final da temporada os jogadores retornam para seus respectivos times e devem ter reservado previamente o seu valor no teto da equipe a qual seu passe pertence, diferentemente dos jogadores comprados em leilão durante o 2° turno que não contam no 1° teto, mas recebem o salário.

3.4.4. O time que não se adequar ao teto salarial, entrando no PERÍODO DE ROUBO POR MULTAS com salários acima de 70k, será punido com multa de  10x o valor excedente aos 70k e após a multa obrigatoriamente deverá ajustar-se ao teto.

3.4.5. O sistema fará o reajuste em 50% do valor dos jogadores adquiridos nos roubos, os times poderão estar acima do teto durante o período de multas, desde que a equipe tenha ENTRADO nas multas dentro do teto de 70k e esta condição de salário fora do teto foi decorrente dos roubos efetuados e dos jogadores comprados em leilão.

3.4.6. O salário será pago a cada término de temporada. Times novatos estão isentos de pagar o salário da primeira temporada.

3.4.7. O time que ficar com caixa negativo após pagar os salários poderá ter um jogador de valor equivalente (conforme tabela de jogadores) confiscado para que vá a leilão pagando a dívida. A administração escolherá o jogador de forma aleatória sempre do overal mais alto para o mais baixo. O salário mínimo terá o valor de 400 e não há salário máximo para cada jogador, desde que se adeque ao teto salarial do time.